segunda-feira, 16 de maio de 2011

PLATÔNICO

Tumblr_ll1kslugp51qjo379o1_400_large 

.
.

.
Eu sei que ele sabe.
Ele finge que não sabe.
E eu fingo que não sei que ele sabe.
Mas a gente se olha.
E às vezes, nem precisa de saber.
O que todo mundo já percebeu.
Que eu estou gostando de você.
Eu nem consigo disfarçar.
Você fica sem lugar.
Eu fico por entender.
Como pode alguém assim conseguir namorar justo você?
Você bem que tenta não se entregar.
Eu bem que tento não te olhar.
Mas quando você chega eu não mando mais em mim.
Você muda de lugar.
Troca de posição.
Baixa a cabeça e vira em outra direção.
Eu continuo ali parada.
Sem saber muito pra onde ir.
Às vezes você toca em minha mão.
Eu puxo por reflexo.
E no mesmo instante me arrependo dessa decisão.
Você nunca me disse nada.
Eu nunca te perguntei.
Mas qual de nós dois vai confessar tudo de uma vez???

2 comentários:

  1. Dizem que certas coisas só existem no silêncio.

    ResponderExcluir
  2. revele. confesse.
    tenha coragem!

    :D


    lindo texto.
    bjsmeus

    ResponderExcluir